LU.GAR.CONTADO

TRADIÇÃO ORAL - UM PATRIMÓNIO VIVO

Museu Nacional de Arqueologia, Mosteiro dos Jerónimos, Lisboa.

18 de maio a 18 de setembro

E​xposição multimédia acompanhada por sessões narrativas.

Incide sobre um romance, uma lenda e quatro contos tradicionais através de versões outrora recolhidas por, entre outros eruditos, José Leite de Vasconcelos e, ao longo da última década, gravadas em vídeo pelo projeto MEMORIAMEDIA.

Sessões de narração oral de 12 e 19 de junho

reserve o seu lugar



Obrigado! A sua mensagem foi enviada
O envio da mensagem falhou. Por favor tente novamente.

A partir destas composições exibidas em painéis vídeo, são sugeridas a espessura histórica e a disseminação espacial como testemunhos da longevidade e resiliência deste património.
A presente iniciativa resulta de uma colaboração Memória Imaterial CRL, IELT-NOVA FCSH e Museu Nacional de Arqueologia estabelecida com o propósito de contribuir para o aprofundamento de ações de transferência de conhecimento entre a divulgação do Património Cultural Imaterial, a investigação científica e as artes performativas.
Espera-se que a iniciativa contribua para a consciencialização da tradição oral e da relevância destes fundos literários memoriais e para a problematização da sua influência na contemporaneidade.

Narradores tradicionais na exposição (vídeo)

Maria do Desterro G. dos Santos

Póvoa de Varzim

José Manuel Pinto

Mora

Maria Bernardina Galvão Coelho

Mora

Maria Clara da Cruz

Idanha-a-Nova

Maria José Robalo

Idanha-a-Nova

Mariana Bicho

Beja

Sessões narrativas

Os contos divertem, encantam e ensinam gerações desde o alvorecer da humanidade. Contos que nos parecem inventados ontem são, afinal, companheiros centenários de serões passados em redor do fogo. A partir de seis contos tradicionais, três narradores incontornáveis oferecem-nos uma viagem a este mundo fabuloso: Cristina Taquelim, António Fontinha e Ana Sofia Paiva.

As sessões são para todos os públicos e acontecem nos próximos sábados, pelas 16.00h, no Museu nacional de Arqueologia, Lisboa

22 e 29 de maio
5, 12 e 19 de junho


Dadas as restrições em vigor é aconselhável efetuar a reserva de lugar  através do email   Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar.

Mestres da arte de contar

Ana Sofia Paiva

António Fontinha

Cristina Taquelim

Os contos, romance e lenda presentes nesta exposição foram escolhidos por estes narradores a partir do acervo do MEMORIAMEDIA e-Museu do Património Cultural Imaterial.
Estes criadores representam, para nós, a resposta social à crise que a tradição oral atravessa desde que os novos media ocuparam o lugar que os narradores tradicionais tinham na comunidade. Com eles se inaugura a recuperação dos contos, lendas e outras expressões orais como meio agregador cultural.
Novas comunidades - de utentes de bibliotecas e museus, de público escolar, de entusiastas e investigadores, de público familiar e de muitos outros nichos socais -  que acolhem os novos contadores de histórias. Narradores que constroem momentos performativos em que o corpo e a voz criam momentos irrepetíveis. Momentos que são o testemunho da transformação que o acto de contar histórias está a atravessar, ganhando novo fôlego e adaptando-se aos novos públicos e contextos da nossa cultura.
Como tal consideramos que estes narradores são representantes deste saber milenar sendo as pessoas indicadas para escolher, opinar e decidir em conjunto com o curador da exposição, quais os exemplos a mostrar ao público nesta primeira exposição física de um museu desmaterializado, um e-museu.

Dados coligidos por Paulo Correia CEAO / IELT

Alguns exemplos de distribuição em Portugal dos contos tradicionais e romances da exposição

visitar o mapa
Textos complementares da exposição
BREVEMENTE

Pedimos a diversos investigadores que se pronunciassem sobre vários aspetos destes exemplos da tradição oral.  Em resposta recebemos diversas reflexões, listagens e outro material contextualizante que publicaremos aqui .